Dilma é vaiada ao inaugurar ponte em Santa Catarina


A presidente Dilma Rousseff foi alvo de protestos, nesta quarta-feira (15), em Laguna, durante a inauguração da ponte Anita Garibaldi, a maior obra do governo federal em Santa Catarina.

A petista foi vaiada por servidores dos Correios, do Judiciário Federal, da Polícia Rodoviária Federal e por integrantes do MBL (Movimento Brasil Livre).

A maioria dos manifestantes ficou do lado de fora da tenda montada sobre a ponte para a cerimônia de inauguração. Dentro da lona, um pequeno grupo tentou interromper mais de uma vez o discurso da presidente gritando "o povo, na rua, Dilma a culpa é tua". O grupo foi vaiado pelas pessoas que acompanhavam o evento.

Dilma disse que o país "enfrenta dificuldades econômicas", mas afirmou que "o Brasil voltará a crescer e gerar empregos".

A coordenação do grupo estimou em mil o número de manifestantes. A Polícia Militar não fez estimativas.  (Da Folha de S.Paulo – Jefferson Bertolini)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial