Morte de jovem afogadense comove e repercute nas redes sociais

11899930_393982384134950_892858084359763393_n

Em Afogados da Ingazeira, luto e repercussão nas redes sociais da morte da jovem Silmara Oliveira, que não resistiu às complicações de um transplante de figado, realizado esta semana no Imip. Silmara trabalhava na Escola Gizelda Simões e estudou no Colégio Normal Estadual, onde integrou a banda marcial da escola. Esta manhã, seu coração parou de bater.

Silmara era recém casada e tinha apenas 18 anos. O corpo chegou no inicio da noite de ontem na comunidade de Queimada Grande, onde está sendo velado. O sepultamento acontecerá na tarde desta segunda (17) no Cemitério Parque da Saudade.

O caso alerta para a necessidade de acompanhamento de sintomas que podem ser indicativo de doenças no fígado e outros órgãos, como coração e rins. Do mesmo modo, não deve servir de desestímulo a quem está em filas de espera para transplante de órgãos no Estado. Graças a esses procedimentos, inúmeras vidas tem sido salvas. Aos familiares de Silmara, nossa solidariedade. (Nil Junior)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial