Pernambuco já tem 268 notificações de microcefalia

A maior parte dos casos (21,6%) foi registrada no Recife / Guga Matos/JC Imagem
NE10

Desde que o procedimento tornou-se obrigatório, em 27 de outubro, já houve 268 notificações de microcefalia em Pernambuco. A maior parte dos casos (21,6%) foi registrada no Recife, segundo informações divulgadas na tarde desta terça-feira (17), pela Secretaria Estadual de Saúde. A maioria dos bebês também nasceu na capital (51,9%).

O boletim epidemiológico foi apresentado pela secretária executiva de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque. Ela informou que o Estado já definiu as unidades de referência para o atendimento dos bebês e das e das mães - são o Hospital Oswaldo Cruz, Imip, Cisam (maternidade da Encruzilhada) e AACD. "Pelos parâmetros da Organização Mundial de Saúde só é considerado com microcefalia os bebês com perímetro cefálico de 32 centímetros abaixo, mas aumentamos essa margem para 33 porque encontramos problemas na tomografia de alguns com essa medida", explica Luciana.

A secretária enfatizou a necessidade de as mulheres fazerem um pré-natal corretamente e garantiu que não há nenhuma recomendação para que adiem o sonho da gravidez. De acordo com Luciana Albuquerque, a SES está definindo unidades de referência para atendimento no interior do Estado para evitar que as mulheres afetadas tenham que se deslocar para a capital.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial