Governo de Afogados da Ingazeira, usa imagens de drone para identificar focos do aedes aegypti




A utilização de imagens aéreas captadas por drone tem se mostrado bastante eficiente no combate aos focos do mosquito aedes aegypti em Afogados da Ingazeira. Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Artur Amorim, logo de cara foram identificadas nas imagens diversos reservatórios de água abertos ou mal vedados no telhado de várias residências.

O teste com o drone foi realizado esta semana durante mutirão no bairro São Braz. A ação contou com a presença de crianças e professores da Escola Municipal Domingos Teotônio, agentes de saúde, agentes de endemias e lideranças comunitárias do bairro. A Prefeitura firmou uma parceria com Evandro Lira, o Secretário do povo, para utilização do drone. 

A utilização do drone será ampliada para os outros bairros de Afogados da Ingazeira. A Secretaria de Saúde também promoveu esta semana ações de combate, com a utilização de pulverizadores – utilizados em casos de infestação mais graves – na comunidade rural da Carapuça.

“Essa é uma guerra que precisa da participação de todos. Muitos reservatórios ficam em locais que não são visíveis para nossos agentes. Por isso a utilização do drone se mostrou bastante eficaz. Pedimos que as pessoas tenham cuidado com caixas de água abertas ou mal vedadas, pois elas são um perigo para a saúde pública”, declarou o secretário Artur.

Suspeitas de focos do mosquito ou casas fechadas que possam estar contribuindo para o agravamento da epidemia, podem ser denunciadas através do whatsapp da ouvidoria municipal: 99978 – 1666.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial