Presidente da Facape visita Afogados da Ingazeira e apresenta proposta para criação de novos cursos na região


imagem

O Sertão do Pajeú pode ganhar novas opções de cursos de bacharelado. A discussão é fruto de um encontro, na última semana, entre o presidente da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Rinaldo Remígio, e gestores e docentes da AEDAI, autarquia municipal de Afogados da Ingazeira. Rinaldo Remígio, que também é vice-presidente da Assiespe (Associação das Instituições de Ensino Superior de Pernambuco), propôs a criação de três novos cursos: Direito, Administração e Serviço Social.

A sugestão será analisada pelos gestores da AEDAI, de acordo com a presidente da instituição, Socorro Dias. “Iremos retomar toda a documentação da autarquia, analisar as condições efetivas do ponto de vista pedagógico e financeiro. A ideia inicial é ampliar os cursos de forma gradativa, com qualidade e responsabilidade, marcas da nossa instituição”, explicou.

A reunião aconteceu em Afogados da Ingazeira. O professor Rinaldo Remígio também apresentou dados sobre todas as autarquias pernambucanas e aproveitou para mostrar experiências exitosas desenvolvidas na Facape. Segundo Socorro, o encontro animou e deu novas perspectivas ao corpo acadêmico da AEDAI.

“A visita de professor Remígio foi muito proveitosa. Tivemos a oportunidade de ampliar as informações sobre vários aspectos que envolvem as autarquias pernambucanas. Ele nos mostrou que é possível realizar sonhos e crescer, apontando caminhos e novas perspectivas para nossa instituição”, disse Socorro.

Ampliação e desenvolvimento

A professora ainda ressaltou a disponibilidade do presidente da Facape em ajudá-los na possível implantação de novos cursos. Para o professor Remígio, a ampliação da autarquia de Afogados da Ingazeira pode contribuir para o desenvolvimento de todo Sertão do Pajeú.

“Todos os participantes saíram da reunião entusiasmados, inclusive com a possibilidade da criação de novos cursos, o que vai agregar valores à autarquia e a toda região do Pajeú, impulsionando o desenvolvimento e atraindo até estudantes de outros estados”, destacou Remígio. (Ascom Facape/Blog do Banana)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial