Impressionante: Morador filma raio caindo em Salgueiro



Um internauta registrou o momento exato em que um raio cai na cidade de Salgueiro, no sertão de Pernambuco, na quinta dia (07). A filmagem foi feita a dezenas de metros do fenômeno, mas é possível perceber a proximidade de quem filmava. No entanto, não há registro de feridos. As imagens circularam por WhatsApp e chegaram à redação do Diario.

A queda de raios na região é decorre de um fenômeno conhecido como Vórtice Ciclônico em Altos Níveis, que chegou ao estado vindo da direção do estado da Bahia. A informação é do meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), que afirma ainda que as nuvens devem continuar carregadas até o dia 12 de janeiro de 2016 (terça-feira). “No entanto, as precipitações devem ser reduzidas”, garante.

De acordo com o boletim meteorológico da agência, em apenas um dia, chouveu o equivalente a 60% do esperado para todo o mês de janeiro no município de Salgueiro. No entanto, não é a cidade do Sertão que mais recebeu água nos primeiros dias de janeiro. Na cidade de São José do Egito, em apenas uma semana, foram registradas chuvas com o dobro do volume esperado para o mês inteiro. No quesito quantidade de chuvas, quem impressiona é o município de Verdejante, a 500km do Recife. A cidade registrou, em apenas um dia, 170mm de precipitações – o equivalente a 17cm de água a partir do solo – quebrando a média histórica para o período, que seria de apenas 97mm em todo o mês de janeiro.

Ainda assim, de acordo com o meteorologista, o vórtice já é um velho conhecido da região e seus efeitos seguem de janeiro a abril, podendo provocar chuvas. Fabiano acrescenta ainda que também em 2015, a região registrou chuvas acima da média em um período curto de tempo. O fenômeno é o mesmo que provocou chuva de granizo nos municípios de Flores e Sertânia. (Via: Diário/Vídeo Didi Galvão)


Ainda assim, de acordo com o meteorologista, o vórtice já é um velho conhecido da região e seus efeitos seguem de janeiro a abril, podendo provocar chuvas. Fabiano acrescenta ainda que também em 2015, a região registrou chuvas acima da média em um período curto de tempo. O fenômeno é o mesmo que provocou chuva de granizo nos municípios de Flores e Sertânia. (Via: Diário/Vídeo Didi Galvão/Povo com a Notícia)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial