Cabo de energia se rompe e mata irmãos da Prefeita de Poço José de Moura-PB



O rompimento de um cabo da rede elétrica ocasionou a morte de duas pessoas na cidade de Poço José de Moura, no início da noite dessa terça-feira (23). Ventava muito no momento que o fio caiu e causou o acidente. Segundo informações de populares, os irmãos Raimundo Bandeira, 78 anos e Tereza Ana de Jesus, 83 anos estavam sentados na calçada de casa, na Avenida Tirso Alves de Moura, quando começou a ventania, o cabo teria se rompido e os dois atingidos por uma forte descarga elétrica. As vítimas quando foram atingidos pela descarga elétrica estavam sentados em cadeiras de ferro. A mulher morreu sentada. Já o homem caiu da cadeira e faleceu no chão.

O Comandante da Polícia Militar de Poço José de Moura, o Sargento Sobrinho informou que uma das vítimas, Raimundo Bandeira é pai de dois sargentos da PM. Às 15h desta quarta-feira (24) foi celebrada missa de corpos presente na Igreja São Geraldo, em Poço José de Mouro e em seguida serão sepultados os corpos dos irmãos Raimundo Bandeira, 78 anos e Tereza Ana de Jesus, 83 anos vítimas fatais de descarga elétrica na noite dessa terça-feira (23).

A prefeita de Poço José de Moura, Aurileide Egídio emitiu Nota de Pesar e decretou nesta quarta-feira (24), luto oficial de três dias pela morte dos irmãos Raimundo Bandeira, 78 anos e Tereza Ana de Jesus, 83 anos. Na nota, a prefeita lamentou a tragédia registrada nessa terça-feira (23) e solidarizou com a família. “Neste momento de dor, a administração se une a todos os poço-mourenses ainda abalados pela tragédia”, diz a nota. Eles foram vítimas de descarga elétrica nessa terça-feira (23), quando estavam sentados na calçada de casa. Raimundo Bandeira era pai de Célia Bandeira (vice-gestora da Creche Municipal), de Clélia Bandeira (Secretaria de administração da prefeitura) e de dois sargentos da Polícia Militar. (DIÁRIO DO SERTÃO)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial