Filha de Eduardo Campos é nomeada para cargo na prefeitura do Recife



Diário de Pernambuco

Mais um herdeiro de Eduardo Campos toma posse nas gestões locais. A primogênita do ex-governador, morto em agosto de 2014 em um acidente aéreo, e de Renata Campos foi nomeada para um cargo na Prefeitura do Recife. Arquiteta, Maria Eduarda de Andrade Lima Campos tem 23 anos e vai atuar como gerente de Zoneamento Especial do Instituto Pelópidas Silveira na gestão de Geraldo Julio (PSB).

A nomeação foi feita de forma discreta, sendo publicada no Diário Oficial do dia quatro de fevereiro, quinta-feira da semana pré-carnavalesca, com data retroativa ao dia 1º de fevereiro de 2016. Maria Eduarda foi efetivada como gerente no Instituto Pelópidas Silveira após um ano e sete meses de estágio no mesmo órgão e, de acordo com a administração municipal, de atuação reconhecida.

A notícia veio à tona nesta quinta-feira, mesmo dia em que o irmão de Maria Eduarda, João Henrique de Andrade Lima Campos, toma posse como novo chefe de Gabinete do governador Paulo Câmara. Aos 22 anos e estudando Engenharia Civil, ele vai substituir Ruy Bezerra, que comandará a Controladoria Geral do Estado. A posse está marcada para as 17h, no Palácio do Campo das Princesas.

João, que desde cedo acompanhava o pai nas campanhas eleitorais e no exercício de mandatos políticos, vai exercer a mesma função que Eduardo Campos ocupou no segundo governo de Miguel Arraes (1987-1990). Inicialmente chegou a ser cogitada sua candidatura ao cargo de vereador do Recife nas eleições deste ano.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial