Itacuruba atinge o melhor IFDM de educação da Região de Itaparica


Dos sete municípios da Região de Itaparica, a melhor educação está na cidade de Itacuruba, segundo o IFDM – Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, data base 2013. A nota atingida foi de 0.7948, sendo esse é o maior índice histórico atingido pelo município na área da educação desde a criação do índice em 2005.

Em relação ao Estado, o município subiu muito a posição, que nesta edição ficou em sétimo lugar, quando na edição anterior (data base 2012) estava na colocação 51º.

Segundo o Prefeito Gustavo Cabral, os números refletem o trabalho desenvolvido no município. “Temos uma gestão comprometida com a qualidade da educação. Investimos na capacitação dos nossos professores e toda equipe de educação. Investimos em infraestrutura e tudo isso reflete em reconhecimento como esse que tivemos”.

O Secretário de Educação, Adriano Silva, lembra que os pais dos alunos também são peças fundamentais nesse processo de elevação da qualidade do ensino em Itacuruba, pois têm confiado e acreditado no trabalho da Secretaria de Educação. “Esse resultado é a soma de esforços de todos os que fazem a Secretaria de Educação e as famílias, que também têm cumprido com seu papel de educar. Nossos professores são valorizados e respeitados, fatores que também contribuíram para que chegássemos a esse resultado”, ressaltou.

Criado pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) para acompanhar o desenvolvimento socioeconômico do país, o IFDM avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda de todos os municípios brasileiros. Em sua nova edição – com base em dados oficiais de 2013, últimos disponíveis – o estudo traz comparações com outros anos da série histórica, iniciada em 2005, e projeções sobre a evolução do desenvolvimento por conta da deterioração do cenário econômico.

O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada cidade em quatro categorias: desenvolvimento baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4001 a 0,6), moderado (de 0,6001 a 0,8) e alto (0,8001 a 1). (Da Assessoria)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial