Em resposta à criminalidade, Governo de PE garante chegada dos ‘ninjas’ em Serra Talhada



Cioe.1JPG

Farol de Notícias

Em ação, o rosto se esconde. Por isso o apelido de ‘ninjas’. Manter discrição é de extrema importância para a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), a SWAT pernambucana, que deve agir no combate à criminalidade em Serra Talhada. O objetivo é dar respostas imediatas ao avanço crescente de assassinatos e assaltos a mão armada na cidade. A garantia do envio de uma equipe da CIOE partiu do secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, nesta quarta-feira (25), em conversa com o FAROL por telefone.

As funções da CIOE são as de maior complexidade, sendo consideradas último recurso estratégico da Polícia Militar para ações de segurança. Sebastião informou que se reuniu com o governador Paulo Câmara nessa terça (24), e ouviu dele a garantia do reforço, especialmente, após gestão junto ao secretário estadual de Defesa Social, Alessandro Carvalho. Sebastião também se reuniu com o comando da PMPE.

“Eu relatei sobre o latrocínio que vitimou o jovem Ângelo Viera e deixou as famílias estarrecidas. Fui ao comando da Polícia Militar e também conversei pessoalmente com o Alessandro Carvalho para pedir reforço. Em seguida, estive também ontem com o governador Paulo Câmara e ele me assegurou que vai mandar o CIOE para Serra Talhada, o CIOE é aquele grupo de operações especiais que as pessoas chamam de ‘ninjas'”, adiantou o secretário.

Sebastião, no entanto, não soube detalhar quando a força tarefa chega ao município, mas ponderou que será nos próximos dias.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial