Polícia divulga gravação da discussão entre agressor e Ana Hickmann


Imagem Internet
A polícia de Minas Gerais divulgou a gravação da discussão da apresentadora da Rede Record,Ana Hickmann, com o fã que invadiu o quarto dela, no fim de semana. O homem atirou contra uma assessora da apresentadora e acabou morto.

O corpo de Rodrigo de Pádua foi enterrado nesta segunda-feira (23), em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, onde morava. Nas redes sociais, ele se mostrava obcecado por Ana Hickmann. Escreveu mensagens pornográficas e agressivas para ela.

A apresentadora Ana Hickmann deu entrada no hotel no fim da manhã de sábado (21). Rodrigo já estava hospedado no mesmo hotel.

De acordo com a polícia, Rodrigo rendeu o cunhado de Ana Hickmann com um revólver, no sábado à tarde, e o obrigou a ir para o quarto onde a apresentadora estava com a assessora. A polícia divulgou a gravação de parte da discussão no quarto.

Rodrigo: “Não vou atirar em você. Não vou atirar em você agora. Quero que você senta. Eu sou um ser humano eu tenho coração".
Ana Hickmann: "Eu jamais, jamais partiria o seu coração".
Rodrigo: "Você é uma mentirosa. Vem com palhaçada para cima de mim não”.

Em seguida, Rodrigo atirou na assessora de Ana Hickmann. O cunhado de Ana lutou com o atirador, conseguiu dominá-lo, e deu três tiros nele. Rodrigo morreu na hora.

As imagens mostram quando o cunhado entregou a arma na recepção. Minutos depois a polícia chegou ao local.

A assessora de Ana Hickmann foi levada para o hospital da região metropolitana de Belo Horizonte e passou por cirurgia. Permanece no CTI, consciente. A Polícia Civil investiga o caso como legítima defesa.

Ana Hickmann e o cunhado prestaram depoimento em Belo Horizonte. A apresentadora voltou para São Paulo em seguida. Em nota, declarou estar profundamente abalada e triste.


G1

Comentários

Anterior Proxima Página inicial