Afogados da Ingazeira: Calçamento vai garantir mobilidade para famílias do Boqueirão



Muitas vezes pequenas obras podem ser mais decisivas para transformar a vida das pessoas do que grandes investimentos. As comunidades rurais de Boqueirão, Belém e Bonfim sofrem desde tempos imemoriais com um trecho inclinado e pedregoso da estrada, que dificulta o simples ato de ir e vir.

A própria equipe de governo teve muita dificuldade de chegar ao local. O próprio transporte das crianças das comunidades que estudam na Escola do São João é feito com muita dificuldade.

“Quando adoece alguém aqui tem que ser carregado numa rede ou numa cadeira até lá embaixo. Quando chove, carro nenhum passa. Até as motos tem dificuldade”, afirmou a agricultura Cícera Raimunda, que mora há 49 anos no Boqueirão.

Dona Cícera cedeu o terreiro de sua casa para uma reunião dos moradores com o Prefeito José Patriota, na tarde/noite desta sexta-feira (03). Patriota esteve acompanhado dos Secretários de Agricultura, Ademar Oliveira, e de Educação, Veratânia Morais. Após ouvir relatos dos moradores, o Prefeito anunciou o início do calçamento do trecho crítico, o que vai garantir uma melhor mobilidade e acabar com o sofrimento das 21 famílias da região.

As obras já começam na próxima segunda (06). Será calçado um trecho de 150 metros, com pedra-rachão. Os próprios moradores se dispuseram a ajudar, cedendo a água necessária para a obra. O agricultor José Bertozo, em uma generosa demonstração de preocupação com o coletivo, comprometeu-se, caso necessário, a recuar a cerca de sua propriedade para alargar o trecho a ser calçado. “É uma reivindicação muito antiga e que nós estamos atendendo, depois de ouvir a população local. Uma obra pequena, barata, mas que vai melhorar radicalmente a vida dessas pessoas,” destacou Patriota.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial