Itamaraty confirma morte de brasileira durante ataque em Nice


O Ministério das Relações Exteriores confirmou hoje (18) a morte de uma brasileira durante atentado em Nice, na França, na semana passada. A carioca Elizabeth Cristina de Assis Ribeiro estava desaparecida desde a noite da última quinta-feira (14), quando o motorista de um caminhão avançou contra a multidão que comemorava a Queda da Bastilha, a Avenida Promenade des Anglais.

A filha mais velha da brasileira, Kayla, nascida na Suíça, teve a morte confirmada pelo consulado suíço em Nice na sexta-feira (15), segundo a família. A mãe de Elizabeth, Inês Gyger, publicou em sua página no Facebook fotos e dizeres em homenagem à filha e à neta. “Aqui termina a última página do livro da vida. Descansem em paz. Vocês estão juntas”, dizia um dos posts.

Inês mora em Orbe, na Suíça. Segundo ela, talvez esse ataque sirva de lição para que outros não ocorram. "Já escutei pessoas que moram aqui [na França] e dizem que têm medo de sair de casa", contou Inês em entrevista ao vivo à Globonews.

De acordo com o Itamaraty, dois funcionários do Consulado-Geral do Brasil em Paris – um diplomata e um agente consular – devem se deslocar ainda hoje da capital francesa para Nice, com o objetivo de prestar assistência à família de Elizabeth e de outras eventuais vítimas. Não há ainda informações oficiais sobre brasileiros feridos no ataque. (AB)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial