Mendes Júnior vai deixar a obra da transposição do Rio São Francisco


????????????????????????????????????

Envolvida nas investigações da Operação Lava Jato, a construtora mineira Mendes Júnior vai sair da obra da Transposição do Rio São Francisco. A empreiteira apresentou o pedido ao Ministério da Integração Nacional em junho e a pasta afirmou que analisa, junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), como fará a substituição da empresa. O governo federal frisou que, apesar da decisão da Mendes Júnior, a obra já está atrasada em seis anos, mas não está parada.

“Estamos buscando fazer um processo de transição sem que haja prejuízo do prazo. O otimismo é que nós vamos encontrar uma solução. A obra não está parada”, afirmou o ministro Helder Barbalho, em nota.

O ministério tem dois contratos com a Mendes Júnior para construção das estruturas de engenharia da primeira etapa do eixo norte da transposição, um trecho de 140 km de extensão entre Cabrobó, no Sertão de Pernambuco e o início do reservatório de Jati, no Ceará. São três estações de bombeamento, canais, reservatórios e túnel. Essa etapa está com 87,7% de avanço.

Com problemas financeiros e para a obtenção de crédito após o envolvimento na Lava Jato, a Mendes Júnior já deixou outras obras no Estado. Uma delas é o Corredor Leste-Oeste, obra de mobilidade para a Copa do Mundo de 2014 e que nunca ficou pronto. Agora, com dois terminais integrados e estações de BRT sem conclusão, será necessária nova licitação. Outra é a requalificação de um trecho de 30,7 km da BR–101 na região metropolitana do Recife. A ex-controladoria geral da União declarou a empreiteira inidônea e a empresa terá que passar dois anos sem assinar novos contratos.

Obra. O governo federal promete a conclusão da transposição para o fim do ano. O argumento é que os repasses financeiros mensais para o projeto aumentaram em até 43% desde maio. (O Tempo)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial