Oito pessoas morrem após acidente grave em BR do Nordeste; as vítimas iam para outra cidade realizar exames médicos



Um acidente grave envolvendo uma caçamba e um veículo de passeio registrado por volta das 8h da manhã deste domingo (3), no km 36 da BR-135, em Campo de Peris, em São Luís, deixou oito pessoas mortas. A informação foi confirmada pelo inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Antônio Norberto.

Ainda segundo o inspetor, o carro de passeio seguia rumo à capital quando uma caçamba que transportava lixo e que vinha no sentido contrário entrou na contramão causando o acidente. A caçamba tombou às margens da rodovia e o veículo de passeio ficou destruído.

A inspetora Valdirene, da Polícia Rodoviária Federal, confirmou que todos os oito passageiros do corsa classic, de placa OJI-5012, não resistiram.

Segundo familiares, os ocupantes do veículo vinham do município Humberto de Campos para São Luís para realizar alguns exames médicos. Equipes da PRF estão no local para ajudar a organizar o fluxo de veículos.


O motorista do caminhão fugiu do local. A PRF também não confirma a procedência da caçamba que transportava lixo.

Os corpos foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta segunda-feira (4), por volta de 1h. Velório e enterro ocorrem na cidade de Humberto de Campos, de pouco mais de 26,1 mil habitantes, de decretou luto oficial por causa da tragédia.

Dentro do carro, estavam duas famílias. A primeira, a do motorista Reginaldo ‘Careca’ – como era conhecido – de São Vicente Ferrer (MA) e acostumado a fazer o percurso oferecendo serviço de ‘táxi-lotação’ –, acompanhado da esposa e filha, identificadas apenas como Vanda e Hanna.

A segunda família é a de Kelvin Daniel da Conceição Costa, de apenas um ano de idade. Acompanhavam a criança Valdicleide Santos da Conceição, de 34 anos, mãe de Kelvin; e Helena Santos da Conceição, 70, avó da criança.

Também estavam no veículo o pedreiro Dioninson da Silva, de 28 anos; e a estudante Rosânia Santos, 14, filha de um comerciante de Humberto de Campos, que começaria um curso de computação neste mês de julho.

G1

Comentários

Anterior Proxima Página inicial