Reunião entre PMs e TRE-PE discute a atuação dos militares nas eleições


Policiais militares participam de reunião com TRE-Pe em Petrolina (Foto: Reprodução/TV Grande Rio)

O trabalho dos policiais militares durante o período eleitoral foi discutido em uma reunião realizada nesta sexta-feira (5), no auditório da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais dePetrolina, no Sertão de Pernambuco. Estava presente o presidente do Tribunal Regional Eleitoral em Pernambuco (TRE-PE), o desembargador Antônio Carlos Alves da Silva, além de uma comitiva do TRE de Recife, formada por diretores, juízes eleitorais e assessores. A informação é do G1.

Cerca de 80 policias de Petrolina, Ouricuri,Santa Maria da Boa Vista e de Cabrobó participaram da reunião, que além da atuação da PM nas eleições, falou sobre prazos, as diretrizes para a propaganda eleitoral e esclareceu o que pode ser considerado um crime eleitoral. “Nós hoje viemos trazer uma palestra com professor e um juiz da propaganda e a finalidade é passar o que é a propaganda, o registro, a prestação de contas e quando é que a polícia deve atuar nessas situações. A ideia é congregar o eleitoral com a base nessas eleições”, esclareceu o presidente do TRE-PE.

Entre os crimes estão entregar santinhos na porta dos colégios eleitorais e fazer propaganda paga nas redes sociais. De acordo com o Coronel Ailton Teles, essas e outras regras foram repassadas por professores de Direito Eleitoral. “O objetivo é preparar a equipe de policiais para trabalhar na semana do pleito eleitoral e ter conhecimento de quais os crimes e como deve ser a atuação da PM. Formaremos multiplicadores para em outros momentos sejam retransmitidas as informações para o restante da tropa do Sertão”, argumenta.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial