Brasil gasta cerca de 5 milhões de reais por ano com os ex-presidentes da república



DILMA2

Os ex-presidentes José Sarney (1985/1989), Fernando Collor de Mello (1990/1992), Fernando Henrique Cardoso (1995/1998 e 1999/2002), Luiz Inácio Lula da Silva (2003/2006 e 2007/2010) e agora Dilma Vana Rousseff (2011/2014 e 2015/2016), tem diversas regalias bancadas pelos cofres públicos, conforme Lei Federal Nº 7.474, de 8 de maio de 1986, com as novas redações dadas pelas Leis Nºs 8.889, de 21/06/94 e a de Nº 10.609, de 20.12.2002 e regulamentada pelo Decreto Nº 6.381, de 27 de fevereiro de 2008.

A Lei não prevê aposentadoria para os ex-presidentes, no entanto prevê tantas regalias que os torna praticamente como “Reis e Rainha”. Confira:

Art. 1º O Presidente da República, terminado o seu mandato, tem direito a utilizar os serviços de quatro servidores, para segurança e apoio pessoal, bem como a dois veículos oficiais com motoristas, custeadas as despesas com dotações próprias da Presidência da República. (Redação dada pela Lei nº 8.889, de 21.6.1994)

2º Além dos servidores de que trata o caput, os ex-Presidentes da República poderão contar, ainda, com o assessoramento de dois servidores ocupantes de cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores – DAS, de nível 5. (Redação dada pela Lei nº 10.609, de 20.12.2002)

Isso mesmo, cidadão brasileiro, um ex-presidente da república, tem direito vitalício a ter 8 servidores com salário de R$ 2.200 a R$ 11.000 permanentemente a seu dispor e 2 carros oficiais de luxo com combustível a vontade para gastar. Estima-se que o gasto para manter os serviços de cada ex-presidente chegue a 1 milhão por ano e o brasileiro tem que desembolsar cerca de R$ 5 milhões por  ano para manter os mimos dos ex-presidentes. Até mesmo Collor e Dilma que tiveram seus mandatos cassados têm direito às regalias à custa do cidadão.

Sempre que a frota do presidente em exercício é trocada, também são trocados os carros dos ex-presidentes, sempre carros de luxo e novos, cada carro é estimado em aproximadamente R$ 150 mil, lembrando que, como relatado anteriormente, cada um dos ex-presidentes tem direito a dois veículos e não há limite de gastos com gasolina. A informação é do R7.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial