Na estreia de Tite, Brasil faz 3 a 0 no Equador


20160901184202_0

Com o pé direito. Assim o técnico Tite iniciou a trajetória na Seleção Brasileira. Em sua primeira partida no comando da equipe, a Canarinho venceu o Equador, no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, por 3 a 0. Os gols do triunfo, válido pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018, foram marcados por Neymar e Gabriel Jesus (2). Com fôlego até o apito final do árbitro, o time mostrou que a estratégia da comissão técnica de iniciar os treinos no local da partida três dias antes do jogo, buscando uma boa adaptação aos mais de 2.800m de altitude, deu certo.

Com o resultado, o Brasil, que não vencia em Quito desde 1983, chegou a 12 pontos na tabela de classificação e ganhou duas posições, subindo para o quarto lugar. A Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira (6), contra a Colômbia, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), às 21h45 (de Brasília).

O JOGO

Explorando o fator casa, o Equador teve a primeira boa chegada da partida. Ainda aos dois minutos, Miranda subiu e se esticou todo para cortar cruzamento perigoso na área brasileira. A Seleção respondeu no minuto seguinte, com chute de Gabriel Jesus que assustou o goleiro Domínguez. Dois minutos depois, foi a vez de Willian, com uma finalização de longe, oferecer perigo ao arqueiro adversário. Aos 15, Jesus tentou de longe e obrigou Domínguez a defender em dois tempos. Apesar de ter mais posse de bola e finalizar mais vezes, o Brasil não conseguiu abrir o placar.

Na etapa final, a Seleção voltou ainda melhor. Logo no primeiro minuto, Neymar recebeu pela esquerda, cortou para o meio e bateu com muita força, tirando tinta da trave. Aos 19, Marcelo aproveitou a sobra e bateu com muita força, mas a bola saiu pela linha de fundo. Cinco minutos depois, Gabriel Jesus arrancou em muita velocidade, ganhou de Mina na corrida e foi derrubado pelo goleiro Domínguez: pênalti. Neymar bateu no cantinho e abriu o placar. O Brasil queria mais. Já aos 41, Marcelo fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para a área. Gabriel Jesus, com um lindo toque de calcanhar, ampliou. Cinco minutos mais tarde, Jesus recebeu de Neymar, girou para cima da defesa e bateu no ângulo para marcar o segundo dele em sua estreia na equipe principal e dar números finais ao confronto.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Paulinho, Casemiro, Renato Augusto e Willian (Philippe Coutinho); Neymar e Gabriel Jesus.

CBF

Comentários

Anterior Proxima Página inicial