Protestos no desfile de 7 de setembro em Afogados da Ingazeira



O desfile de Sete de Setembro deste ano em Afogados da Ingazeira foi marcado por protestos. O candidato a prefeito pela coligação União Pelo Povo, Emídio Vasconcelos, junto com um grupo de candidatos (as) a vereadores (as), militantes e simpatizantes levou para as ruas do município uma faixa onde se lia: “Luto e luta pela democracia”.


Segundo Emídio, que foi um dos organizadores do protesto, a faixa foi uma maneira de mostrar que Afogados tem um grupo de resistência contra o golpe dado na ex-presidente Dilma Rousseff, “precisamos mostrar que Afogados tem um grupo de resistência, um grupo que defende Dilma, Lula o PT e acima de tudo a democracia, não deixaremos de lutar pela democracia, esse golpe tem esse fim, é perverso, é um golpe contra as conquistas sociais tão duramente conquistas pelas pessoas menos favorecidas do país”, disse Emídio.

Além do ato do grupo de Emídio, outras faixas levadas por estudantes durante o desfile, também tinham cunho de protesto, pediam escolas, segurança, hospitais, respeito, valorização dos professores, soldados, médicos e enfermeiros, serviços públicos de qualidade e o fim da corrupção.

Noutra, um pedido de melhores condições na educação, segurança e saúde e outra que fazendo ato em defesa da escola pública clamava por dignidade e valorização dos professores.


A guarda municipal de Afogados da Ingazeira, também levou para a Avenida Rio Branco uma faixa onde pedia o fim da extinção. A informação é do parceiro Mais Pajeú.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial