Camilo Simões, secretário de Turismo do Recife, é encontrado morto


Resultado de imagem para camilo simões

A Polícia Civil de Pernambuco confirmou a morte do secretário de Turismo do Recife Camilo Simões. Com 31 anos, Camilo foi encontrado morto na casa da sua sogra, em Boa Viagem. Ele deixa mulher e dois filhos, que estavam no Ceará no momento em que o corpo foi achado.

Segundo informações de um familiar que não quis se identificar e estava no Instituto Médico Legal (IML) para a liberação do corpo, Camilo foi encontrado por um funcionário da Prefeitura do Recife que foi a residência de sua sogra na manhã deste domingo (16) para levá-lo a uma atividade da campanha do segundo turno do Prefeito Geraldo Julio (PSB).

Como ele não atendeu, o funcionário percebeu que havia algo errado e arrombou a porta do apartamento, encontrando Camilo já sem vida em cima do sofá. Como parte da família encontra-se em outro estado, ainda não foi divulgada a data e o local do enterro. Neste sábado (15), o secretário chegou a participar de uma caminhada pela campanha do 2º turno do prefeito Geraldo Julio (PSB), em Brasília Teimosa, no Pina.

Formado em Publicidade e Propaganda, Simões atuou como executivo de contas em agências de publicidade. Foi chefe de gabinete do deputado estadual Waldermar Borges e coordenador da Juventude na campanha de Geraldo Julio, em 2012. Em janeiro de 2013, incorporou-se à equipe de Felipe Carreras, ocupando a Gerência-Geral de Lazer e Eventos e a Secretaria-Executiva, até assumir a pasta, em abril de 2014.

Torcedor de "carterinha" do Sport Club do Recife, ele recebeu uma homenagem antes do início da partida deste domingo, contra o Vitória (BA), na Ilha do Retiro, pela Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. O grito de guerra entoado pelos torcedores "Cazá, Cazá, Cazá..." foi dedicado a ele.

Com informações do repórter Osnaldo Moraes.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial