Adutora do Pajeú reduz vazão e prejudica distribuição em cidades da região, Carnaíba passa por rodízio severo



De acordo com informações de Anchieta Santos em seu programa de rádio, problemas na Adutora do Pajeú  interferem na qualidade de distribuição de água na cidade de Afogados da Ingazeira e outros municípios da região por mais uma semana, para desespero da população. Problemas na captação e vandalismo estão entre as causas do problema que tem afetado a distribuição. Praticamente todas as cidades que dependem da Adutora estão com vazão reduzida. Para que se tenha uma idéia, a vazão ideal para Afogados da Ingazeira é de 120 litros por segundo. Hoje está em cerca de 60, em virtude dos problemas. Por conta disso, vários ouvintes tem se queixado falando à Rádio Pajeú esta manhã. Segundo Washington Jordão, Chefe do Setor de Distribuição da Compesa, o problema tem sido causado por problemas na Adutora que interferem diretamente na vazão. O sistema da Barragem de Brotas, que tem cerca de 5% de sua capacidade também está parado. Isso porque já entrou no chamado volume morto, precisando de intervenções para captação. Já o sistema Zé Dantas está normal, mas costuma funcionar apenas como complemento. Assim, algumas cidades que dependem  Adutora no Pajeú estão com problemas no abastecimento. Tabira por exemplo, não tem água desde domingo.  Iguaracy, Ingazeira, Jabitacá, Carnaíba e Tuparetama também passam por rodízio severo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial