Brasil vence a Colômbia no Jogo da Amizade e volta a liderar ranking da Fifa



Menos de dois meses após o acidente aéreo que deixou 71 mortos, o estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, se tornou palco de emocionante homenagem à Chapecoense, em cerimônia pré-amistoso entre as seleções de Brasil e Colômbia, que culminou na vitória por 1 a 0 da seleção brasileira.

O chamado "Jogo da amizade", uma partida beneficente em prol das famílias das vítimas do acidente, recebeu público pequeno, cerca de 18.000 torcedores, devido aos altos preços dos ingressos, à crise financeira que assola o Estado fluminense e também ao forte calor deste início do ano no Rio.

Apesar de pequeno, o público presente se mostrou bastante empolgado e deu início à cerimônia pré-jogo de homenagens à Chapecoense cantando "Vamos, vamos Chape", grito de guerra da equipe catarinense que ficou famoso ao redor do mundo após a tragédia.

Em seguida, os torcedores receberam com muitos aplausos os quatro sobreviventes brasileiros do acidente, o goleiro Jackson Follman, que teve uma perna amputada e ainda precisa de cadeira de rodas para se locomover, o zagueiro Neto, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Raphael Henzel.

No meio de campo, os sobreviventes receberam placas de homenagem das mãos de dirigentes da CBF e foram festejados pelos jogadores da seleção brasileira, que entraram em campo com flores a serem entregues à equipe colombiana, um simbólico agradecimento ao carinho demonstrado pelo povo da Colômbia após o acidente.

Após os hinos nacionais dos dois países serem tocados, veio o momento mais emocionante da festa: ao invés do tradicional minuto de silêncio, o público promoveu um minuto de palmas, deixando várias pessoas nas arquibancadas de olhos marejados.

Em 28 de novembro, a Chape viajava a Medellin para disputar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, quando o avião caiu em uma região montanhosa próxima à cidade colombiana. Das 77 pessoas a bordo, 71 faleceram, entre jogadores, integrantes da comissão técnica e dirigentes do clube, além de jornalistas e tripulantes. (NE10)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial