Morre, aos 86 anos, Iolanda Dantas, viúva do compositor José Dantas


Iolanda Dantas morreu no Rio de Janeiro, onde estava internada desde o dia 20 de dezembro do ano passado (Foto: Reprodução/TV Globo)

Morreu aos 86 anos, na tarde desta segunda-feira (2), Iolanda Dantas, a viúva de José Dantas, compositor parceiro de Luiz Gonzaga. A morte ocorreu no Rio de Janeiro, onde ela estava internada desde o dia 20 de dezembro do ano passado em um hospital privado na Barra da Tijuca.

“Minha avó foi internada por conta de complicações de saúde devido à idade e, desde ontem [domingo, 1º, estava na UTI”, explicou ao G1 pelo telefone a cantora Marina Elali.

Ainda de acordo com a neta de Iolanda Dantas, ela será cremada no Rio de Janeiro, e as cinzas serão trazidas para o Recife para serem enterradas ao lado do corpo do marido no Cemitério de Santo Amaro, na área central da capital pernambucana. “Esses foram dois pedidos que ela nos fez e vamos realizá-los”, complementou Marina.

Segundo a cantora, Iolanda Dantas era uma pessoa bastante querida por todos que conviviam com ela. “Vovó era uma pessoa que sempre foi muito amada por todos. Uma mulher forte que ficou viúva muito jovem, mas criou muito bem os três filhos. Foi uma mãe excelente, uma avó excelente, uma mulher forte e honesta, que foi amada por todos”, finalizou a neta dela.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial