Por Renan Walisson de Carnaíba, Acadêmico de Direito na FIS de Serra Talhada



Art. 1º da Lei n. 7.783/89 - É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender.

É lutando em favor dos mais vulneráveis que conquistamos muitos direitos. Não podemos, em hipótese alguma, sentar e aceitar o que estão fazendo com nosso país.

É notório que o povo brasileiro vêm perdendo as esperanças com os destinos do país. Cada vez mais, em uma crescente muito grande de corrupção, perdemos o que conquistamos durante anos. Às instituições públicas  do nosso Brasil, estão sendo entregues a preço de banana à outros países.

Diante desse fracasso total, agora estão querendo acabar com os direitos do povo, assegurados na nossa Carta Magna , outrora duramente conquistados. Às reformas trabalhista e previdenciária, retiram direitos dos trabalhadores do campo e da cidade, que durante anos foram e são explorados por poderosos.

Estamos prontos para lutar contra o retrocesso, fazendo o que aprendemos, lutando em favor dos mais vulneráveis. Dom Hélder Câmara certa vez disse: " Se alimento os pobres me chamam de santo , se pergunto por que eles são pobres me chamam de comunista ". Quem sempre esteve ao lado das classes mais pobres, foi duramente perseguido, o maior exemplo é o de Cristo.

Contudo, temos que lutar em busca dos nossos direitos, seja na escola, nas redes sociais, onde quer que seja. Nosso grito de liberdade deve ser mais forte que nosso comodismo em aceitar o que eles, os traidores do povo querem impor para nós. Portanto, vamos à luta!

Renan Walisson de Andrade
Acadêmico de Direito                       
Estudante na Faculdade de Integração do Sertão- FIS                       
Serra Talhada - PE

Comentários

Anterior Proxima Página inicial