Protesto em Brasília tem ritual indígena contra Temer



Do UOL

Índios presentes na manifestação dançaram em volta de cartazes com frases que pedem a saída do presidente Michel Temer. Em um dos cartazes, eles também pedem "Diretas Já". O grupo indígena, inclusive, assumiu a linha de frente da manifestação quando ela começou a se movimentar, com uma faixa pedindo a saída de Temer e demarcações de terras.

O índio Marcel Videlles trouxe o filho para participar do protesto na Rodoviária do Plano Piloto. "Nós trouxemos faixas e cartazes para fazer um ritual contra o Michel Temer. Queremos que ele saia do poder. Ele não representa nosso povo. Volta presidente Dilma."

O grupo fez vários cantos contra o presidente: "Ai, ai ai ai, se empurrar o Temer cai", "Eu já falei, vou repetir, é o povo que tem que decidir".

"Temer representa todo um retrocesso histórico. Ele é machista, racista e preconceituoso. O impeachment da presidente Dilma foi golpe. Nada mais justo do que tirar esse ladrão do poder", diz a estudante Dayse Benedita.

O grupo, que teve 3.500 confirmações pelo Facebook, deve seguir rumo à praça dos Três Poderes. A Polícia Militar acompanha de perto o ato, mas não informou o número do efetivo por "motivos de segurança". 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial