Jarbas Vasconcelos (PMDB) admitiu, conversas para o ingresso do grupo do senador FBC (PSB) no PMDB



O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) admitiu, na manhã quinta-feira (31), conversas para o ingresso do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) no PMDB. “Estamos conversando”, disse o peemedebista, em entrevista a uma rádio local. O parlamentar também criticou as boatarias nas articulações políticas e disse que não existem chances de ele romper com o governador Paulo Câmara (PSB). 

Após afirmar que mantém conversas com o senador Fernando Bezerra Coelho, Jarbas Vasconcelos respondeu que essa possibilidade (de ingresso do grupo no PMDB) estaria “pertinho” de oito, levando em consideração uma escala de zero a dez.

“Fernando é um senador articulado, um político de dimensão. O filho, o Fernando Bezerra Filho, é uma grata surpresa. É articulada, competente, sabe falar, sabe dizer as coisas. Vi uma palestra dele em dezembro, em Londres, fiquei impressionado com o poder de articulação dele. Então, se chegam para o partido, pai e filho e tal, vão engrandecer o partido. Sou fundador do MDB, sou fundador do PMDB, sempre busquei crescer o partido e não inchar o partido. Fernando Bezerra Coelho vai crescer o partido, não vai inchar o partido”, disse.


Questionado, então, como ficaria em relação ao Governo Paulo Câmara, já que, se ao sair do PSB, o grupo do senador estaria rompendo com o Governo do Estado, Jarbas afirmou que “política é conversa, entendimento”. Ele disse também que o vice-governador, Raul Henry (PMDB), a quem classificou como “conciliador e de formação democrática”, vai ajudar nessa articulação. Sobre uma possibilidade de rompimento com o governador, o deputado federal foi enfático: “Zero”.

Fonte: Folha

Comentários

Anterior Proxima Página inicial