Onde vamos parar! Conta de luz ficará ainda mais cara




A conta de luz está mais cara este mês. E vai ficar ainda mais alta em 2018. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai colocar nesta terça-feira (24), provavelmente em audiência pública, uma nova metodologia no cálculo da bandeira vermelha. A expectativa é de que ocorra um aumento dos valores a serem cobrados nessa modalidade no próximo ano. Este mês, o consumidor está pagando a bandeira mais cara que é a vermelha no patamar 2, implicando num acréscimo de R$ 3,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Na proposta a ser apresentada, o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, vai sugerir que a bandeira vermelha seja acionada levando em consideração também o nível dos reservatórios das hidrelétricas. Eles estão com pouco armazenamento de água desde 2012. Maior lago do Nordeste, o de Sobradinho, na Bahia, estava, no último domingo (última atualização) com 3,49% do seu volume útil.

A proposta da Aneel deixaria a bandeira em valores mais altos por uma quantidade maior de meses, enquanto ocorrerem estiagens nos rios do Sudeste/Centro-Oeste e até no São Francisco, que tem sua nascente em Minas Gerais. Se essa alteração já tivesse em vigor, não teria sido cobrada bandeira verde em meados deste ano, quando já eram esperadas chuvas abaixo da média.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial