Municípios terão queda de 41% no FPM em novembro e dezembro



Às vésperas do pagamento do 13º salário dos servidores, as previsões sobre os repasses do Fundo de Participação dos Municípios não são animadoras para os meses de outubro e novembro deste ano, segundo estimativas da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no comparativo com o mesmo período de 2016, para novembro e dezembro deste ano a queda no repasse do Fundo de Participação, segundo a STN, chegará a 41,2% e 41% respectivamente.

A queda brusca do rateio do FPM para os municípios é motivada pelo fato de que a maior parte dos recursos da repatriação ter ocorrido no primeiro decênio de novembro e 2016, enquanto os recursos da repatriação neste ano estão aquém do esperado.

A situação das prefeituras da região do Pajéu é ainda mais difícil devido à grande dependência dos repasses do FPM. O prefeito de Flores, Marconi Santana (PSB), que preside o Cimpajeú alerta que, a maioria dos municípios ligados à entidade terão dificuldades em pagar salários.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial