Em Afogados, Marconi defende engajamento de poderes e a criação do Pacto em defesa do rio Pajeú



O prefeito de Flores e presidente do Cimpajeú, Marconi Santana, está acompanhando mais uma visita do Deputado Estadual Odacy Amorim, ao Sertão do Pajeú na manhã desta quinta-feira em Afogados da Ingazeira. Odacy é Coordenador Geral da Frente Parlamentar de Revitalização do Rio São Francisco e, sua visita tem o objetivo de promover políticas públicas de sustentabilidade hídrica em consonância com a biodiversidade do Velho Chico e dos outros mananciais do estado.

O presidente da Câmara de Vereadores de Flores, Luis Heleno, o vice-prefeito da cidade de Carnaíba, Júnior de Mocinha, e os vereadores de Afogados, Luiz Bisorão, Cancão, Augusto Martins, Cícero Miguel, Raimundo Lima e Madalena Brito representando o Rotary Clube, também acompanham a agenda de Odacy.

O Deputado destaca o apoio que tem recebido do gestor de Flores e deu algumas declarações e advertências sobre “as agressões que o Rio Pajeú vem sofrendo e a precariedade das cidades do vale do rio em relação aos serviços de saneamento básico. Precisamos de um choque de gestão do governo do estado para apresentarmos uma solução para o Rio Pajeú e para a sociedade da região”, ressaltou Amorim.

Marconi Santana endossou as palavras de Odacy, e disse que “o que está acontecendo, o descaso com o Rio Pajeú e outros problemas como a questão do saneamento básico das cidades da região não podem continuar”, ressaltou Santana.

O presidente do Cimpajeú também destacou a importância da luta da frente parlamentar em defesa da revitalização do Rio São Francisco, e da região do sertão do Pajeú, sugeriu a confecção de um documento e a criação de um selo, com a marca do Consórcio e Frente Parlamentar.

“No Cimpajeu já vamos começar um trabalho, buscando um engajamento não só do Executivo, como também, do Legislativo, Judiciário e Ministério Público. Sugerimos a criação do Pacto pelo Pajeú, com confecção de um selo, onde o prefeito que for cumprindo cada etapa e atingir os 100% de aprovação será premiado. Vamos fazer uma comissão de prefeitos, que possam participar das decisões em relação ao Cimpajeú”, disse Marconi.



Comentários

Anterior Proxima Página inicial