Com presença de Sport, Bahia, Vitória e Ceará, Série A terá recorde de nordestinos em 2018



Dois mil e dezessete foi um ano para o futebol pernambucano esquecer. Santa Cruz e Náutico caíram para a Série C e o Sport se livrou do rebaixamento à Série B na última rodada. Nas competições regionais e nacionais os pernambucanos foram eliminados no meio do caminho ou perderam a final, caso do Sport na Copa do Nordeste. Por outro lado, a permanência do Leão conquistada no último domingo fará com que a Série A tenha algo inédito na sua história. Pela primeira vez, quatro clubes nordestinos participarão da competição desde que os pontos corridos foram implantados. 

Desde 2003, o número de representantes da região nunca havia passado de três. Em 15 edições da Série A nos pontos corridos, os nordestinos tiveram três representantes ao mesmo tempo por nove vezes, mas bateram na trave quando tentavam conseguir a permanência de todos. Isso só ocorreu em 2008, quando Náutico, Vitória e Sport seguiram na elite do futebol nacional no ano seguinte.

Agora, em 2017, Bahia, Sport e Vitória se garantiram na elite por mais um ano e contarão com o retorno do Ceará à Série A, algo que não ocorria desde 2011, quando o Vozão foi rebaixado. A próxima temporada também marcará a quinta participação consecutiva do Sport na competição, recorde entre os nordestinos e que quebra a marca do Bahia entre 2011 e 2014. Por outro lado, o Leão segue atrás do vitória em número de participações. 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial