Ataque a hotel de luxo no Afeganistão deixou ao menos 18 mortos



As autoridades do Afeganistão confirmaram que ao menos quatorze estrangeiros e quatro afegãos foram mortos durante o ataque ao Hotel Intercontinental, em Cabul, que terminou neste domingo, após doze horas de enfrentamento. Segundo o porta-voz do Ministério de Interior, Najib Danish, as vítimas eram de países como Ucrânia, Grécia, Quirguistão e Venezuela. Três estrangeiros ainda não foram identificados e 22 pessoas ficaram feridas.

O Talibã reivindicou a autoria do ataque, que teve início na noite de sábado, e afirmou que cinco homens armados e vestidos com coletes explosivos tinham como alvo estrangeiros e autoridades afegãs. De acordo com o canal americano CNN, o ministro ainda afirmou que 153 pessoas, incluindo 41 estrangeiros, foram resgatados do hotel. Danish confirmou que quatro atiradores foram mortos pelas forças de segurança afegã.

Em junho de 2011, o Hotel Intercontinental já havia sido atacado por sete membros do Talibã. Após seis horas, os sete homens e outras onze pessoas foram mortas, além de deixar doze pessoas feridas.

Fonte: VEJA

Comentários

Anterior Proxima Página inicial