Primeiro dia de 2018 tem Superlua



A Superlua ocorre quando a Lua está cheia e em seu ponto mais perto na órbita ao redor da Terra, o que acontece nesta segunda (1º). Esse período é chamado de perigeu, quando o satélite aparece cerca de 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu (microlua) – quando está mais distante, segundo a agência espacial americana (Nasa).

O perigeu da primeira Superlua de 2018 ocorre nesta segunda, às 19h54. A Lua estará cheia pouco tempo depois, à 0h24. O ideal, então, é torcer para que a madrugada entre o dia 1º e o dia 2 de janeiro seja clara e sem muitas nuvens, cenário ideal para aproveitar o fenômeno.

As Superluas podem ser observadas a olho nu, mas, segundo a Nasa, é difícil para os nossos olhos fazer a distinção precisa dessas mudanças de tamanho com o satélite localizado em um lugar tão alto e em um vasto céu à noite.

Fonte: Portal 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial