Assessoria de Zeca Pagodinho explica saia justa com Doria



Uma saia justa envolvendo o prefeito João Doria (PSDB) e o cantor  Zeca Pagodinho deu um trabalho extra aos assessores de ambos na segunda noite de desfiles no Sambódromo do Anhembi. A situação embaraçosa teve início quando, em visita ao camarote do Bar Brahma, o prefeito quis fazer uma foto com o cantor. Zeca Pagodinho, de pronto, recusou.

De acordo com a assessora do artista, a recusa inicial não representa uma retaliação ao prefeito. Ela afirmou que Zeca Pagodinho tem como princípio não se deixar fotografar com nenhum político, de nenhum partido. Ainda assim, o cantor acabou cedendo “por considerar que está no Carnaval de São Paulo, no qual João Doria tem o papel de anfitrião”.

Explicações à parte, o fato é que Zeca Pagodinho só aceitou fazer a foto após ouvir os pedidos do dono do camarote e das assessorias de ambas as partes. Mesmo assim, com uma condição: a de que o ex-jogador Amaral, que também estava no local, se juntasse a eles.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial