Ativista que venceu Nobel da Paz diz que vai indicar Lula para o prêmio



Ganhador do Nobel da Paz em 1980, Adolfo Pérez Esquivel revelou que vai indicar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a próxima edição do prêmio. O argentino se encontrou com o petista nesta sexta-feira, no Instituto Lula, em São Paulo. Os dois posaram juntos para fotos, que acompanharam o anúncio no site do ativista de direitos humanos.

Pérez Esquivel explicou que decidiu indicar Lula no Comitê Nobel da Noruega porque a chegada do petista à presidência “marcou um antes e um depois para o Brasil” e tornou o ex-líder sindical “uma referência internacional da luta contra a pobreza”. O argentino citou que as políticas do ex-presidente tiraram 30 milhões de pessoas da miséria. “Um país inteiro”, avaliou o ativista, que atribuiu ao petista a diminuição da desigualdade.

“Vou propor (o nome de) Lula da Silva para o Prêmio Nobel da Paz”, anunciou o argentino em suas redes sociais.

Segundo o argentino, o encontro serviu para que ele pudesse demonstrar “seu apoio frente à campanha judicial que pretende evitar que seja candidato presidencial em 2018”. Em janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve a condenação do petista no caso do triplex do Guarujá e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão. Na visão do ativista, tratou-se de um “julgamento violatório do direito ao devido processo”.

Fonte: O Globo

Comentários

Anterior Proxima Página inicial