Governo vai editar MP para abrir crédito extraordinário para segurança no Rio



O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou na tarde deste domingo, 18, que o governo vai publicar uma medida provisória para abrir crédito extraordinário para a segurança pública do Rio. Ele não citou o valor total, mas afirmou que deve ultrapassar R$ 1 bilhão.

Dyogo esteve no Palácio da Alvorada, onde participou de reunião com o presidente Michel Temer e mais cinco ministros. O encontro não havia terminado até as 18h30.

Segundo o ministro do Planejamento, o governo ainda terá de definir quais ministérios devem remanejar o dinheiro para a segurança. "Temos uma semana para finalizar a identificação das fontes de recursos e enviar para o Congresso", afirmou o ministro ao deixar o Alvorada. Temer determinou que essa definição seja feita até sexta-feira.

O ministro disse que parte da verba pode ser enviada para o Estado do Rio e o restante para forças federais, principalmente as Forças Armadas.

Além da medida provisória, o governo pretende mandar para o Congresso um projeto de lei para reforçar o orçamento do Ministério Extraordinário da Segurança Pública, criado em 26 de fevereiro. O ministério, comandado por Raul Jungmann, receberá um crédito especial.

Também estão na reunião, além de Dyogo e Jungmann, os ministros Torquato Jardim (Justiça), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência). (O Estadão)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial