Festas de São João terão hora para acabar




Do Ronda JC / Blogs do JC Online

Para tentar diminuir os casos de violência registrados em grandes festas de rua, a Secretaria de Defesa Social (SDS) mais uma vez tomou a polêmica decisão de limitar os horários dos eventos de São João em Pernambuco. O policiamento só permanecerá nos locais de festa até meia-noite ou duas horas da manhã, a depender do dia.

A SDS definiu que nos dias 22, 23 e 24 de junho os polos de festa terão policiamento garantido das dez da manhã às duas horas da madrugada. Nos demais dias do mês de junho, os eventos terão a presença da PM somente até meia-noite.

Outra restrição foi definida: cada polo junino só poderá usar um trio elétrico. E o percusso só poderá ser de até dois quilômetros e meio.

A portaria com as determinações foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (27). No texto, a SDS ainda destaca que apenas em casos excepcionais o horário do policiamento poderá ser estendido em mais duas horas. Mas esses pedidos serão avaliados previamente pelo secretário-executivo de Defesa Social, Humberto Freire.

Os representantes das entidades públicas ou privadas terão até o dia 11 de maio para solicitar policiamento nos locais onde vão realizar as festas de São João. Eles devem encaminhar e-mail para gtsaojoao@sds.pe.gov.br.Os pedidos serão repassados à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros para avaliação e vistoria dos locais antes dos eventos.

CARNAVAL

A limitação de horário para emprego de policiamento não é mais novidade em Pernambuco. Nos últimos anos, as festas de Carnaval, inclusive as prévias, também foram afetadas com a medida. Com exceção do tradicional Homem da Meia-Noite, em Olinda, e dos dias oficiais de festa no Recife Antigo, cujos horários foram estendidos pela madrugada, os outros polos tiveram que acabar a folia mais cedo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial