Saúde libera R$ 34,9 milhões para aquisição de equipamentos e materiais permanentes na Região Nordeste, Flores é contemplada



A população dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe será beneficiada com a aplicação de recursos liberados pelo Ministério da Saúde, no valor de R$ 34,9 milhões na assistência à saúde. A portaria que libera os recursos foi publicada nesta quarta-feira (18) no Diário Oficial da União (DOU). A verba será utilizada para estruturar a rede de atenção especializada e qualificar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio da aquisição de equipamentos e materiais permanentes.

Ao todo, são 209 propostas aprovadas, por meio de emendas parlamentares, beneficiando vários municípios dos 09 estados que poderão comprar, entre outros itens, insumos básicos e equipamentos médicos, como andadores, bicicletas ergométricas e audiômetros, além de materiais permanentes de escritório, como mesas, macas e computadores.

Para Alagoas, são R$ 3,8 milhões para 19 propostas em 16 municípios. Já o estado da Bahia será contemplado com R$ 5,1 milhões, que serão distribuídos em 38 municípios, compostos por 42 propostas. Para o Ceará são R$ 4,7 milhões para 16 propostas em 14 municípios. No Maranhão serão duas propostas, no valor de R$ 350 mil ao todo, para um município. Além disso, 49 municípios da Paraíba serão contemplados com R$ 6,1 milhões para 52 propostas. Pernambuco não será tão diferente, receberá R$ 6,8 milhões para cobrir 31 propostas em 30 municípios. Piauí receberá R$ 2,4 milhões para 17 propostas em 16 municípios e Rio Grande do Norte vai receber R$ 2,9 milhões, que beneficiam 23 municípios por meio de 25 propostas. Por fim, Sergipe entra na lista com R$ 2,3 milhões para 19 propostas em 16 municípios.

“Os recursos ampliam as condições para que os estados promovam a saúde pública, organizando e maximizando o funcionamento dos serviços para continuar trazendo maior resolutividade aos serviços oferecidos à população”, ressalta o secretário de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo. 

O valor será pago em parcela única aos respectivos fundos estaduais e municipais de saúde, para que os gestores tenham condições de equipar e melhor estruturar as unidades de saúde públicas, sejam elas da Atenção Básica (Unidades Básicas de Saúde), média ou alta complexidade (Centros Especializados, Hospitais Gerais e Unidades de Pronto Atendimento), públicas ou contratualizadas com o SUS (Hospitais Filantrópicos).

Cidades do Sertão Pernambucano contempladas:


PEFLORESFUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE FLORES6.980,00
250.000,00

PEFLORESTAFLORESTA FUNDO MUNICPAL DE SAUDE11.271,00
632.899,00
PEQUIXABAFUNDO MUNICIPAL DE SAUDE150.000,00
PESAO JOSE DO EGITOFUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE SAO JOSE DO EGITO99.910,00
PESERTANIAFUNDO MUNICIPAL DE SAUDE84.980,00
300.000,00

Comentários

Anterior Proxima Página inicial