A única intervenção que necessitamos é a popular




Por Gustavo Henrique*

É estarrecedora e perigosa a descrença da sociedade com a política, principalmente entre a juventude que outrora foram responsáveis pelas grandes mudanças no país, mas, a solução para a crise política e ética não é volta do regime autoritário e de exceção (intervenção militar, como alguns defendem) que resultou em um dos momentos mais tristes e sombrios da nossa história.

Não há saída fora da democracia, democracia fragilizada por erros cometidos pela atual classe política, precisamos aprofundar e fortalecer nossa democracia, mas jamais defender o retrocesso que é a ideia de intervenção militar que a história já mostrou ser desastroso. A única intervenção que necessitamos e com urgência é a intervenção cidadã e popular, a participação da sociedade nos espaços políticos, só assim renovaremos a política e fortaleceremos a democracia no Brasil.

Nós democratas, em um momento tão crucial como este, precisamos afirmar que: defendemos radicalmente o estado democrático de direito, a democracia, as liberdades individuais e que algo em contraponto a isto, só tem um nome: GOLPE!

*Estudante garanhuense e filiado ao partido Rede Sustentabilidade-PE/Blog do Magno

Comentários

Anterior Proxima Página inicial