Estoque de combustível do aeroporto de Brasília só dura até a manhã desta sexta




O abastecimento de aviões no aeroporto de Brasília continua limitado em decorrência da greve de caminhoneiros. De acordo com a Inframerica — concessionária que administra o terminal — às 15h desta quinta-feira (24/5), um caminhão carregado com 60 mil litros de querosene de aviação (QAV) conseguiu chegar ao local. Porém, o volume só é suficiente para manter o funcionamento do aeroporto até a manhã desta sexta-feira.

Segundo a Inframerica, o terminal recebe cerca de 20 caminhões de 60 mil litros de QAV por dia. Desde o início da greve dos caminhoneiros, porém, apenas dez caminhões conseguiram chegar ao local, sempre escoltados pela polícia. Por conta disso, o aeroporto continuará recebendo apenas aviões que tenham combustível suficiente para decolar novamente, sem necessidade de abastecimento. 

Mesmo que o combustível se esgote, o aeroporto não será fechado. O terminal seguirá aberto recebendo apenas as aeronaves com combustível suficiente para decolarem novamente, segundo a concessionária.

Apesar da escassez de combustível, até o momento não houve, conforme a Inframerica, nenhum impacto operacional. Ou seja, atrasos ou cancelamento de voos por falta de combustível. Mesmo assim, a concessionária preparou uma área — além das quatro salas VIP já existentes — para receber 180 passageiros em caso de cancelamentos ou atrasos. 

Fonte: Correio Braziliense

Comentários

Anterior Proxima Página inicial