Exército dispara bombas de gás e balas de borracha contra caminhoneiros em Cuiabá




Pela primeira vez desde o início da greve dos caminhoneiros, o Exército Brasileiro precisou usar a força para desobstruir a entrada de Cuiabá, na BR-364. Balas de borracha e bombas de efeito moral foram usadas para dispersar manifestantes que estavam trancando a passagem de veículos.

Imagens exclusivas registradas por Rogério Florentino Pereira, repórter fotográfico do Olhar Direto, mostram o momento em que o confronto aconteceu, no final da tarde desta terça-feira (29), 9º dia de manifestação.

Instantes antes da intervenção das forças armadas, caminhoneiros que tentavam deixar os pontos de protestos vinham sendo hostilizados e até mesmo apedrejados por outros manifestantes infiltrados, que não aceitam o acordo do Governo Federal e agora pedem um leque maior de pautas.

“A situação aqui hoje é que está acontecendo um bloqueio de todas as cargas de combustível e de alimentos. Não passa nada, a não ser medicamentos, cargas vivas, isso para normalmente”, explicou um o caminhoneiro identificado como Diego.

Fonte: Olhar Direto

Comentários

Anterior Proxima Página inicial