Agricultores familiares do município de Água Preta receberam títulos de acesso à terra



Sessenta e uma famílias de agricultores do assentamento Flor de Maria, localizado no município de Água Preta, receberam títulos de concessão de direito real de uso da terra, nesta quarta-feira (15/08). A cerimônia representa o resultado das ações do Governo do Estado, por meio do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco – Iterpe, na área de Reordenamento Agrário, onde é realizado um conjunto de ações socioambientais.

“Através dessa entrega, as famílias estão asseguradas a viverem na terra para continuarem produzindo os alimentos que abastecem as cidades. O trabalho realizado pelo Iterpe contribui para incentivar que a agricultura familiar se desenvolva cada vez mais. E o resultado das nossas ações representa o sucesso da parceria entre o Estado e as associações, as quais os homens e mulheres do campo estão agrupados nos assentamentos”, cravou o presidente do Iterpe, André Negromonte.

A partir dos títulos em mãos, os beneficiários poderão acessar políticas públicas responsáveis pela promoção das melhorias da produção e escoamento dos alimentos, bem como benefícios sociais que contribuem para a qualidade de vida, como programas de habitação rural, aposentadoria, licença maternidade e auxílio doença.

A área do assentamento Flor de Maria, que se encontra dentro de um engenho de cana-de-açúcar, vem se destacando com intenso plantio de árvores frutíferas, hortaliças, criação de bovinos voltados à produção de alimentos derivados de leite, como queijos, bolos, doces, dentre outros, que são comercializados nas feiras dos municípios circunvizinhos.

Para os técnicos sociais e agrícolas do Iterpe, as características apresentadas reforçam uma mudança cultural da monocultura da cana, resquício histórico do período colonial na região, que está migrando aos poucos para um formato mais sustentável de utilização do uso da terra e transformando processualmente os antigos modelos de trabalho na área rural da Mata Sul de Pernambuco.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial