Ciro Gomes detalha projeto para limpar nome dos brasileiros



O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, explicou hoje como pretende tirar o nome dos 63 milhões de brasileiros do SPC e do Serasa. Segundo Ciro, muitos dos endividados foram pegos de surpresa pela crise e afetados pelos altos juros.

A dívida média dos brasileiros com o nome sujo é de aproximadamente R$ 4200. Ciro pretende “usar a força do governo para negociar essas dívidas e derrubar o valor médio para R$ 1400”. O passo seguinte do plano prevê que a Caixa, o Banco do Brasil e outros bancos abram uma linha de crédito para a dívida já renegociada, com parcelamentos em até 36 vezes e carência de três meses. Desta forma, o nome do cidadão endividado sai das listas de restrição assim que ele assinar o novo acordo.

“Se pode ajudar as empresas e os ricos, o governo, claro, pode ajudar os mais pobres e a classe média”, disse Ciro Gomes em referência aos R$ 354 bilhões que o Brasil perdoou de dívidas de empresas e empresários nos dois últimos governos.

Ciro explicou ainda que o refinanciamento das dívidas valerá para dívidas contraídas até o dia 20 de julho de 2018.

Para o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, economista e professor emérito da Unicamp, a recuperação de crédito da população é importantíssima para reaquecer a economia brasileira.

Central de Notícias

Comentários

Anterior Proxima Página inicial