Lula avalia desistir de pedido de soltura para barrar discussão no STF



Advogados do petista querem evitar que STF discuta sua elegibilidade

A defesa do ex-presidente Lula está avaliando abrir mão do pedido de soltura com a indicação de que o Supremo acelerará o julgamento do recurso no qual o ministro Edson Fachin embutiu discussão sobre a inelegibilidade do petista.

De acordo com informações da coluna Painel, do jornal “Folha de S. Paulo”, na segunda-feira (6), os advogados de Lula vão apresentar manifestação reiterando a tese de que a discussão sobre a elegibilidade não pode ser feita neste momento.

Se a defesa de Lula sentir que Fachin não vai acatar os argumentos, haverá a desistência do pedido de liberdade. Além dos advogados criminais, a banca que atua na esfera eleitoral está envolvida nesta discussão.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial