Missa lembra 4 anos da morte de Eduardo Campos



Do Diario de Pernambuco – Cláudia Eloi - Foto Ed Machado/Folha de Pernambuco

Uma missa para celebrar a Semana da Oração pela Família foi realizada ontem à noite, na Capela da Sagrada Família, em Casa Forte, em memória do ex-governador Eduardo Campos, falecido há quatro anos vítima de um acidente aéreo, em Santos (SP). A missa foi celebrada pelo monsenhor Luciano Brito, vigário-geral da Arquidiocese de Olinda e Recife. Na ocasião, o religioso lembrou a amizade que tinha com o líder socialista e a célebre frase “Não vamos desistir do Brasil”, dita por Eduardo Campos durante a campanha presidencial de 2014, para lembrar aos presentes a importância da família.

“Se cuidarmos bem da família estamos cuidando bem do Brasil. A família é o dom mais precioso que temos. Que a gente nunca esqueça que o céu começa em cada um de nós sem desistir da família”, destacou.

Coube ao filho do ex-governador, o engenheiro João Campos, falar em nome da família. “Estamos aqui firmes e de pé porque contamos com a fé e os amigos. Com os amigos a gente consegue fazer a caminhada mais longa. Sermos testemunhas da vida de Eduardo e Miguel Arraes nos inspiraram, principalmente no momento pelo qual o país passa, eles nos inspiraram”, afirmou João.

Além da viúva Renata Campos e dos filhos do ex-governador, amigos, secretários de estado e políticos estiveram presentes na missa, dentre eles o prefeito do Recife, Geraldo Julio, e o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes. O governador Paulo Câmara (PSB) cancelou de última hora sua participação no ato religioso. Segundo sua assessoria, o socialista teve uma crise de labirintite que o obrigou a cancelar sua agenda pública ontem à noite.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial