No primeiro duelo da decisão, Sport vence o Náutico nos Aflitos com jogada do gol irregular


No primeiro capítulo da final do Campeonato Pernambucano, o Sport venceu por 1x0 e quebrou a série de invencibilidade de 18 jogos do Náutico. Nos Aflitos, o time rubro-negro foi melhor na maior parte do jogo, mesmo com as duas equipes tendo bastante dificuldades para criar chances. Com o resultado, o Leão tem a vantagem do empate no segundo jogo, que acontece no estádio da Ilha do Retiro, no próximo domingo (21).

O gol do Sport foi marcado no segundo tempo, pelo atacante Ezequiel. Mesmo com arbitragem da Fifa, o confronto não conseguiu terminar sem polêmicas. No lance do gol rubro-negro, o lateral esquerdo Sander, que deu assistência, estava em posição de impedimento.

Para o confronto decisivo, surpresa apenas na escalação do Náutico. O técnico Márcio Goiano promoveu a entrada do atacante Robinho, que voltou ao time titular depois de três jogos sem atuar. O artilheiro Wallace Pernambucano e o volante Maylson começaram mais uma vez no banco de reservas. No lado rubro-negro, como já previsto, o treinador Guto Ferreira repetiu a mesma formação que venceu o Salgueiro, pela semifinal do Estadual.

FICHA DO JOGO

Náutico: Bruno; Hereda, Diego Silva, Camutanga e Assis; Josa, Luiz Henrique e Jorge Henrique, Thiago, Robinho (Maylson) (Fábio Matos) e Odilávio (Wallace Pernambucano). Técnico: Márcio Goiano.

Sport: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Guilherme (Juninho); Luan (Leandrinho), Ezequiel e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE). Horário: 16h. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO). Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniane Caroline Muniz dos Santos (MS). Gols: Cartões amarelos: Wallace Pernambucano (Náutico); Luan e Juninho (Sport). Público: 14.211. Renda: R$ 413.802. (JcOnline)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial