Juízes federais pedem a exclusão de Moro da Ajufe


O ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pode ser excluído da Associação dos Juízes Federais por ter atuado de maneira parcial nos processos relacionados à Lava Jato.

Segundo reportagem do jornalista Rubens Valente na Folha, “um grupo de 30 juízes federais de várias partes do país pediu nesta segunda-feira (24) à Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) a suspensão cautelar do ministro Sérgio Moro ‘das atividades associativas, inclusive da participação na Lista Ajufe’, um grupo de discussão dos magistrados por e-mail”.

A reportagem destaca que “os magistrados querem também que a Ajufe apure as circunstâncias das conversas travadas entre Moro e membros da Lava Jato no Ministério Público Federal, segundo revelado pelo site The Intercept Brasil. Se confirmadas, dizem os juízes, Moro deveria perder o título de sócio benemérito da entidade, que já foi aprovado pela diretoria mas ainda não foi oficialmente concedido”.

“Entendemos que as condutas expostas na publicação jornalística, caso confirmadas, são totalmente contrárias aos princípios éticos e às regras jurídicas que devem reger a atuação de um magistrado, pois quando um juiz atua de forma parcial, chegando ao ponto de confundir sua atuação com a do órgão acusador, a credibilidade do Poder Judiciário é posta em xeque”, diz a representação encaminhada pelos juízes federais. Publicação desta terça-feira no Blog do Esmael.

Confira a reportagem completa na Folha de S.Paulo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial