Brasil supera tensão de expulsão, vence Peru e é campeão da Copa América


O Brasil é campeão da Copa América pela nona vez. Com muito mais drama do que o esperado, a seleção derrotou o Peru e voltou a conquistar a competição depois de 12 anos. Gabriel Jesus foi o grande nome da final disputada na tarde de hoje no Maracanã, com um gol e uma assistência, e conduziu a vitória por 3 a 1, mesmo sendo expulso no segundo tempo. Everton Cebolinha também teve participação preponderante no duelo com um gol e um pênalti sofrido no final.

O cartão vermelho do camisa 9 deixou o jogo tenso, com a seleção peruana se lançando ao ataque e levando perigo a Alisson. Mas os gols de Everton, Gabriel Jesus - esses dois na primeira etapa - e Richarlison deram a paz que Tite e companhia tanto buscavam nesta Copa América. Paolo Guerrero descontou para o Peru, de pênalti, também no primeiro tempo.

Ainda que a final tenha ganhado ares dramáticos por alguns minutos, o título coroa uma campanha invicta e dominante do Brasil, capaz de ostentar o melhor ataque, com 12 gols em seis partidas, uma defesa que foi vazada pela primeira vez hoje e as melhores marcas em dribles, finalizações, passes certos e posse de bola.


FICHA TÉCNICA
BRASIL 3 x 1 PERU

Data: 7 de julho de 2019, domingo
Horário: 17h (horário de Brasília)
Competição: Copa América (final)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 58.504 pagantes (não-pagante: 11.402)
Renda: R$ 38.760.850,00
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos do Chile)
VAR: Julio Bascuñan (Chile)
Cartões amarelos: Gabriel Jesus, Thiago Silva e Richarlison (Brasil); Tapia, Zambrano e Advíncula (Peru)
Cartão vermelho: Gabriel Jesus (Brasil)

Gols: Éverton, aos 14, Guerrero, aos 43, Gabriel Jesus, aos 47 minutos do primeiro tempo, e Richarlison, aos 44 minutos do segundo tempo.

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Éder Militão); Gabriel Jesus, Éverton (Allan) e Roberto Firmino (Richarlison). Técnico: Tite.

PERU: Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia (Gonzáles) e Yotún (Ruidíaz); Carrillo (Polo), Cueva e Flores; Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Uol Esoprte

Comentários

Anterior Proxima Página inicial