Novos casos da doença de Chagas são identificados no Sertão de Pernambuco


São 40 pacientes em tratamento da forma aguda da Doença de Chagas em Pernambuco. Todos oriundos de um retiro religioso ocorrido no município de Ibimirim, no Sertão do Estado. A informação consta do último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

De acordo com a Secretaria, 77 pessoas estavam no retiro que aconteceu durante a semana santa. Deste total, 30 pessoas tiveram resultados positivos para a doença em testes laboratoriais e dez apresentaram sintomas de Chagas. Destes dez, três apresentaram alteração da função cardíaca, mas segundo a coordenadora de Vigilância em doença de Chagas da SES, Gênova Azevedo, todos passam bem. Diante desse quadro, a coordenadoria achou por bem convocar todos os participantes do retiro para a realização de nova bateria de exames. Mas, segundo a coordenadora Gênova Azevedo, só os que já estão confirmados encontram-se em tratamento.

“Todos os 77 foram examinados laboratorialmente. Só que o exame de laboratório são várias metodologias. É o exame direto e imunologia. Nós estamos tratando esses 30 pacientes que deram positivos no exame laboratorial. Os outros 10 que que já estão confirmados já iniciaram o tratamento”, afirmou.

Ainda não se sabe como a contaminação aconteceu. Segundo Gênova Azevedo, as primeiras investigações não encontraram a presença do barbeiro na área do evento. “A primeira investigação foi negativa, ou seja, não foi encontrado o barbeiro, que é o transmissor da doença no local”, completou.

A doença

A Doença de Chagas é transmitida pelo inseto conhecido como barbeiro. O contagio pode ser feito de várias maneiras, seja através da picada nas pessoas ou pelo consumo de alimentos contaminados pelas fezes, até transfusões de sangue de doadores infectados ou, ainda, durante a gestação ou parto, quando as mães estão infectadas. Quando na fase aguda, a doença de Chagas é curável se tratada em tempo.

Este é o primeiro grande surto agudo da doença ocorrido em Pernambuco.

Fonte: Tv Jornal/NE10

Comentários

Anterior Proxima Página inicial