A Lava Jato está em baixa, diz levantamento da Paraná Pesquisas


A Paraná Pesquisas divulga nesta terça (13) que apenas 6,3% acham que o combate à corrupção deve ser prioridade do governo Jair Bolsonaro (PSL). Esse número já foi maior após o golpe contra o PT, coisa de 50%. Foi o que informou o Blog de Esmael.

O instituto afirma que o povão quer mesmo saúde, educação e emprego, qual seja, desenvolvimento econômico (lamentavelmente, o Brasil de Bolsonaro entrou em recessão técnica nesta segunda-feira, 13).

Na pesquisa estimulada, 44,3% dizem que a saúde pública deveria ser prioridade do governo e 16% apontam a educação pública; a geração de empregos, 15%; a segurança pública, 7,3%.

A Paraná Pesquisas enterra de vez a Lava Jato porque os brasileiros perceberam que o fetiche do combate à corrupção não enche barriga nem traz prosperidade de ninguém. Pelo contrário.

Entretanto, a PGR prorrogou o funcionamento da força-tarefa por mais um ano (agora como se fosse uma espécie de tortura para Delta Dallagnol).

Foram entrevistados 2.082 de 26 estados e o Distrito Federal entre os dias 5 e 8 de agosto. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial