Pernambuco debate participação nas metas do Acordo de Paris para reduzir emissões de CO2


O Fórum de Mudanças Climáticas de Pernambuco reuniu, nesta terça-feira (13), especialistas nacionais e do estado para debater metas e contribuições do Brasil e de Pernambuco na redução dos Gases de Efeito Estufa (GEE), com base no Acordo de Paris. O encontro contou com nomes como o do coordenador-executivo do Centro Brasil no Clima (CBC) e um dos mais conhecidos ambientalistas do país, Alfredo Sirkis; do secretário do  Governos Locais pela Sustentabilidade (Iclei) na América do Sul, Rodrigo Perpétuo; do ambientalista Sérgio Xavier; além do secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti.

No evento, foram apresentados os dados que vão compor o inventário dos Gases de Efeito Estufa (GEE) de Pernambuco, que está sendo realizado pela Semas, em parceria com diversos órgãos. Outro ponto de debate será a apresentação das propostas do Brasil para a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) e o papel de Pernambuco para alcançar esse compromisso. O NDC se refere às metas colocadas pelo representantes brasileiros na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (COP 21), realizada em Paris em 2015.

Uma das propostas do acordo assinado na COP é que o Brasil pretende reduzir em 37% a emissão de GEE até 2025, os dados são referentes aos níveis emitidos de 2005, em o todo território nacional. Por fim, haverá um debate sobre o papel de Pernambuco na implementação da NDC brasileira. “Pernambuco reafirmou seu compromisso em contribuir para o Brasil atingir as metas de reduzir as emissões de gases do efeito estufa. O encontro é um espaço de diálogo com a sociedade e de formação de parcerias para consolidar estratégias e ações que nos levem a alcançar esses índices”, pontuou Bertotti.

O Fórum foi reativado em maio deste ano e é formado por representantes das secretarias estaduais de Administração; Cidades; Defesa Social; Desenvolvimento Econômico; Fazenda; Saúde; Planejamento e Gestão; Educação, além de representantes da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anama); Conselho Estadual de Recursos Hídricos; Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa de Pernambuco e da Prefeitura do Recife.

Conferência Nacional

O debate promovido pelo Fórum de Mudanças Climáticas é um das ações prévias que vão contribuir para a Conferência Brasileira de Mudança do Clima, que acontece em outubro, em Pernambuco. O encontro reunirá organizações não governamentais, movimentos sociais, governos, comunidade científica e o setor privado e público brasileiro para três dias de diálogo e formulação de propostas para a implementação da NDC brasileira. A conferência é preparatória e deve culminar em discussões e deliberações para a COP 25, em dezembro, no Chile. A informação é do Diário de Pernambuco.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial